Homem filmado estuprando e matando mulher diz que estava ‘a fim de fazer maldade’; Vídeo

Em vídeo feito por policiais, o homem confessou ter estrangulado e apedrejado a vítima. Crime aconteceu em Nerópolis (GO) e vítima foi contratada para um programa quando foi morta.

Compartilhe:

O homem flagrado por câmera de segurança cometendo um ato de estupro seguido de homicídio em Nerópolis, na região Metropolitana de Goiânia, confessou integralmente o crime às autoridades policiais, alegando estar motivado pela intenção de causar malevolência. Durante a prisão, filmada pela Polícia Militar, ele admitiu ter contratado a vítima para um encontro pago, mas sua verdadeira intenção era perpetrar atos de violência contra ela.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

“Nós combinamos de fazer um encontro, sabe? Mas eu não tinha interesse em prosseguir com o programa; eu queria mesmo era fazer mal a ela”, afirmou o suspeito no vídeo.

Assista:

Além disso, ele admitiu ter assassinado a vítima por meio de estrangulamento e agressões com pedras. A detenção do indivíduo, cuja identidade não foi divulgada, ocorreu na quarta-feira passada (20), no Setor Central de Goiânia.

Devido à gravidade das imagens capturadas pelas câmeras de segurança, o vídeo não foi divulgado na íntegra.

Ao ser interrogado pelas autoridades, o suspeito justificou sua ação como uma resposta a um suposto desentendimento comercial com a vítima, que teria ocorrido anteriormente. Ele alegou que tal conflito o levou a cometer o crime. Conforme relatado no vídeo feito pelos policiais, o suspeito ainda acusou a vítima de ter roubado uma quantia em dinheiro no dia anterior ao homicídio.

Após a consumação do crime, o indivíduo fugiu para Goiânia, onde foi localizado e detido pela polícia na Avenida Goiás.

Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp