Família que morreu em trágico acidente de carro na Bahia é enterrada no sul do Tocantins

O enterro coletivo aconteceu em Palmeirópolis, cidade natal do motorista do carro. A avó, Altamira Teixeira da Silva, era uma das pioneiras da cidade.

Compartilhe:

A família que perdeu a vida em um acidente no último domingo (9) na BR-242, na Bahia, foi sepultada no final da tarde desta segunda-feira (10) em Palmeirópolis, no sul do Tocantins. O velório coletivo ocorreu no salão paroquial da igreja matriz da cidade e reuniu amigos, familiares e membros da comunidade para prestarem suas últimas homenagens.

Os corpos começaram a chegar em Palmeirópolis por volta das 10h desta segunda-feira (10). O primeiro corpo a chegar foi o da aposentada e avó do motorista, Altamira Teixeira da Silva, de 86 anos, uma das primeiras residentes da cidade.

Foto: TV Anhanguera

O segundo corpo a chegar ao local do velório foi o do motorista Wisley Silva Sousa, de 41 anos, seguido pelo filho de sete anos. No início da tarde, os corpos da esposa do motorista, Alexsandra Gomes Pereira, de 37 anos, e do filho adolescente de 14 anos chegaram ao local.

Os pais e filhos residiam em Gurupi, mas Wisley era natural de Palmeirópolis, onde Altamira morava. A prefeitura da cidade decretou ponto facultativo nesta segunda-feira (10) e estabeleceu luto oficial por três dias.

O acidente

As cinco pessoas, todos membros da mesma família, saíram de Gurupi com destino a Recife para desfrutarem das férias. O veículo em que estavam ficou completamente destruído. O acidente ocorreu devido a uma colisão frontal com outro veículo próximo a Barreiras, no interior da Bahia. Os carros ficaram atravessados na pista, causando congestionamento no local.

Foto: Divulgação

O motorista do outro veículo sofreu ferimentos leves. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. Além das homenagens prestadas durante o velório, conhecidos da família também prestaram homenagens através das redes sociais. A igreja que frequentavam publicou um vídeo em homenagem à família.