Empresário é indiciado por oferecer R$ 200 para ter relações sexuais com adolescentes

Caso aconteceu no ano passado, em Divinópolis na região centro-oeste do Tocantins. Homem de 42 anos vai responder por crime de exploração sexual de vulnerável.

Compartilhe:

Um empresário de 42 anos foi indiciado por oferecer dinheiro a duas adolescentes em troca de favores sexuais. De acordo com a Polícia Civil, O crime teria ocorrido no ano de 2023, de Divinópolis do Tocantins, na região centro-oeste do estado, quando o homem teria dado R$ 200 a uma jovem de 16 anos em troca de relações sexuais. Além disso, ele teria tentado fazer a mesma proposta a outra adolescente, que recusou.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Durante o depoimento à polícia, o indiciado admitiu ter tido relações com a menor de idade, porém alegou desconhecer sua idade, afirmando que não havia perguntado a idade das jovens.

O delegado José Lucas Melo, responsável pela investigação, destacou que o acusado, aproveitando-se de sua posição social em relação às adolescentes, acreditava que suas ações passariam despercebidas.

O inquérito, concluído nesta sexta-feira (19), foi encaminhado ao Ministério Público e ao Poder Judiciário para as providências legais cabíveis. O crime é considerado hediondo, e em caso de condenação, o empresário pode enfrentar uma pena de até 10 anos de prisão.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.