Dupla suspeita de matar indígena que dormia na calçada é presa no norte do Tocantins

Crime aconteceu na madrugada de 16 de setembro, em Tocantinópolis.

Compartilhe:

Dois jovens de 18 e 20 anos foram presos pela Polícia Civil no norte do estado. Eles são suspeito de assassinar David Dias Apinayé, um indígena de 29 anos, a tijoladas. O crime aconteceu na madrugada de 16 de setembro, em Tocantinópolis, na região do Bico do Papagaio.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo a polícia, a investigação utilizou imagens de câmeras de vigilância e outros indícios para identificar os suspeitos, que foram encontrados em uma chácara na cidade de Nazaré após a emissão de mandados de prisão temporária.

De acordo com o delegado Tiago Daniel de Moraes, o crime foi cometido de forma cruel e sem chance de defesa para a vítima, que foi agredida enquanto dormia na calçada de uma loja. “Os suspeitos passaram pela vítima, a atacaram e, posteriormente, retornaram para continuar a agressão, resultando na morte de David após ser atingido por tijoladas”, relata.

Ainda conforme a policia, após as prisões, os suspeitos não negaram o crime, alegando que agiram devido a ofensas verbais proferidas por David. Eles foram conduzidos à Delegacia de Tocantinópolis e agora estão à disposição da Justiça.

Durante a diligência, os policiais civis também apreenderam uma espingarda de fabricação caseira de um morador da propriedade rural onde os suspeitos foram encontrados, levando à prisão desse indivíduo por posse ilegal de arma de fogo.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.