Desavença por R$ 200 em venda de carro acaba em tiroteio em Goiânia

A confusão aconteceu em frente a um condomínio. Um homem foi cobrar a dívida e acabou morto por disparos.
Compartilhe


Um homem acabou morto por disparos de arma de fogo quando tentou cobrar R$ 200 de um terceiro. A quantia fazia parte de uma dívida da venda de um carro. O caso aconteceu no Setor Orienteville, às 17h50 de domingo (13). O autor dos disparos ainda não foi localizado. Confusão foi registrada pelas câmaras de segurança do local. (Veja o vídeo abaixo).

Conforme a polícia, Ítalo Henrique Liberal Costa, chegou em uma motocicleta vermelha na porta de um condomínio para cobrar R$ 200 de Urias Vitorino Pereira Neto. A quantia seria pendente de uma venda de um carro. Os dois se desentenderam no local e acabaram trocando tapas e socos.

Em seguida, desce um homem do carro Hyundai HB 20 preto, que estava no local para auxiliar Ítalo Costa na cobrança e começa a atirar contra Urias Vitorino. Nesse momento, Vitorino também saca um revólver e corre para um terreno baldio em frente ao residencial. Ítalo corre atrás dele, mas fica caído no chão depois de ser atingido.

O Hyundai HB 20 foge em seguida e Vitorino fica escondido no terreno. A Polícia Militar chegou ao local e encontrou Ítalo Costa deitado na terra. O socorro médico foi acionado, mas a vítima morreu no local.

Um acompanhante de Ítalo Costa, identificado como Renilvon Ribeiro França, foi encaminhado à Delegacia de Investigação de Homicídios de Goiânia para prestar depoimento. O autor dos disparos que vitimou Ítalo Costa não foi localizado até o momento.

| Recomendado