Criminoso rouba caminhonete e tranca motorista e a mãe dela em cômodo em cômodo em Santa Rosa do Tocantins

Um dos criminosos trocou tiros tiros com a PM e conseguiu fugir. O outro envolvido foi preso com arma e celulares roubados. Caminhonete roubada foi recuperada.

Compartilhe

Mãe e filha foram rendidas e deixadas trancadas em um cômodo de uma loja após um criminoso armado anunciar um assalto e roubar a caminhonete da vítima. O crime foi registrado em Santa Rosa do Tocantins, neste sábado. Durante buscas, a Polícia Militar chegou a trocar tiros com um suspeito, que conseguiu fugir. Outro envolvido foi preso e o veículo foi recuperado.

Segundo a PM, a motorista do veículo roubado contou que ela e a mãe estavam na caminhonete quando o homem se aproximou e anunciou o assalto. O suspeito portava um revólver calibre 38. As duas mulheres foram levadas para os fundos de uma loja e colocadas dentro de um cômodo. pelo criminoso.

As vítimas foram coagidas e obrigadas a ficarem lá até o autor sair do local. Ainda de acordo com a PM, uma equipe patrulhava pela rodovia Domingos Nunes, no povoado de Revolução, Zona Rural de Chapada da Natividade, quando se depararam com dois veículos.

Um deles, a caminhonete roubada, era ocupado apenas por um homem de 27 anos. Ao notar a presença da polícia o homem fugiu. A PM deu ordem de parada, mas o homem “indiferente às ordens, tentava dar marcha ré para fugir, instante em que a equipe desembarcou e realizou seis disparos de carabina na direção do motor e dos pneus dianteiros da Hillux, o que cessou a tentativa de fuga do autor, que se rendeu deitando no solo”, segundo a corporação.

O homem foi preso. Durante a busca veicular foram os policiais encontraram um revólver calibre .38 com cinco munições intactas, um bloqueador de sinal GPS, rádio e wi-fi de doze canais, quatro smartphones roubados e outros objetos.

Um outro grupo da PM identificou que o segundo veículo visto na rodovia dava suporte ao roubo. O carro foi localizado em uma estrada vicinal e o condutor também não obedeceu a ordem de parada. Ele entrou em uma grota, depois desembarcou do veículo e atirou contra os policiais, que revidaram. O homem abandonou o carro, conseguiu fugir correndo pela mata e não foi encontrado.

O suspeito preso, os dois veículos, a arma de fogo e os outros materiais apreendidos foram levados para a delegacia de Dianópolis.

Foto: Divulgação