Polícia indicia suspeito de atear fogo em casa para se vingar de ex-cunhada no sudeste do Tocantins

Crime aconteceu em Ponte Alta do Bom Jesus. Homem teria arrombado a casa e usado um isqueiro e uma substância inflamável para provocar o incêndio.

Compartilhe

Um homem de 19 anos foi indiciado pela Polícia Civil do Tocantins. Ele é investigado sobre um incêndio em residência em Ponte Alta do Bom Jesus, no sudeste do estado. O suspeito teria ateado fogo no imóvel para se vingar da ex-cunhada por acreditar que ela foi culpada da morte de seu irmão. Parte da residência e vários móveis foram destruídos.

O crime foi registrado no último dia 4 de setembro. No inquérito concluído nesta sexta-feira (8), pela 103ª Delegacia de Taguatinga, aponta A polícia informou que apesar da casa estar desocupada no momento do ataque o homem acabou “expondo a vida ou o patrimônio de terceiros”.

Segundo a polícia, o homem teria arrombado a porta e usado um isqueiro e uma substância inflamável para provocar o incêndio de grandes proporções. A casa que teve o telhado totalmente destruído pelo fogo. Vários móveis foram consumidos pelas chamas.

As investigações apontaram que o crime teria sido cometido por vingança. “O autor acredita que a ex-cunhada que reside atualmente no imóvel teria sido o pivô da morte de seu irmão, no ano passado, durante uma briga”.

O homem foi indiciado pelo crime previsto no Artigo 250 do Código Penal. A pena para o crime de causar incêndio em casa habitada ou destinada à habitação pode chegar a 8 anos de prisão.