Corpo de menina de 12 anos encontrada em matagal é enterrado em Talismã

Crime comoveu a população da cidade que pede justiça. Adolescente foi encontrada a cerca de 50 metros da própria casa; polícia investiga se a vítima foi estuprada.
Compartilhe

 

O corpo de Andressa Aires de Souza, de 12 anos, foi enterrado na manhã deste sábado (15) em Talismã, na região sul do Tocantins. O caixão chegou na cidade no início do dia e foi levado até o cemitério por um cortejo, passando pelas principais ruas da cidade. Houve grande comoção entre os moradores.

A menina foi encontrada morta no início desta semana em um matagal a cerca de 50 metros da própria casa, após passar alguns dias desaparecida. As investigações sobre a morte estão sendo realizadas pelo núcleo de atendimento da Polícia Civil de Talismã.

Amostras foram recolhidas para confirmar se Andressa Aires foi vítima de estupro e para tentar identificar um possível autor do crime. Os laudos devem ficar prontos dentro de 30 dias.

Com faixas, a população pediu justiça para o caso. Não houve velório devido o avançado estado de decomposição que a menina foi encontrada.

Andressa Aires de Souza – Foto: Reprodução

Entenda

O corpo da menina foi localizado no começo da tarde desta terça-feira (11), em um matagal a cerca de 50 metros da casa dela, no setor Cidade Nova. O cadaver estava em avançado estado de decomposição.

Segundo a PM, a adolescente estava sem parte da roupa e os membros inferiores estavam expostos. As peças que faltavam foram localizadas próximo do local. A adolescente tinha saído de casa durante a madrugada após uma discussão familiar.

Ainda não houve nenhuma prisão relacionada ao caso, mas os parentes e testemunhas foram ouvidos.