Concurso da AL do Tocantins tem cargos com mais de 700 pessoas por vaga; veja lista

São 107 vagas para níveis médio/técnico e superior. Assistente administrativo e analistas nas áreas de direito, enfermagem e pedagogia estão entre os mais concorridos.

Compartilhe:

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou nesta sexta-feira (23) a relação de candidatos inscritos para os cargos disponíveis no concurso público da Assembleia Legislativa do Tocantins. O posto mais disputado é o de técnico legislativo – assistência administrativa, com 13.048 candidatos concorrendo a 18 vagas, resultando em uma concorrência de 724,89 inscritos por vaga.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O concurso, lançado no final de 2023, oferece um total de 107 vagas, com salários variando entre R$ 3.847,65 e R$ 32.228,69. No total, 28.614 pessoas se inscreveram para participar do certame.

Dentre os cargos de nível superior, o de analista legislativo – direito registrou o maior número de inscrições, com 2.098 candidatos. No entanto, com apenas seis vagas disponíveis, a concorrência é de 349,67 candidatos por vaga.

Cargos com apenas uma vaga também atraíram um grande número de inscrições, como enfermagem (656), pedagogia (804), engenharia (225), psicologia (248), entre outros.

Para o cargo de policial legislativo, foram registradas 4.776 inscrições para as 10 vagas disponíveis. Já o cargo de técnico de enfermagem também teve grande procura, com 731 inscritos disputando apenas duas oportunidades, resultando em uma concorrência de 365,50 candidatos por vaga.

Os cargos menos disputados são os de relações públicas, com 21 candidatos concorrendo a duas vagas, e web designer, que registrou 65 inscrições para duas vagas.

Provas

As provas para os cargos de policial legislativo II, técnico legislativo e analista legislativo serão realizadas em 14 de abril, das 8h às 12h, nas cidades de Palmas, Araguaína, Araguatins, Arraias, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Paraíso do Tocantins e Tocantinópolis. Já a prova discursiva para as áreas jurídica, de revisores e jornalistas acontecerá no mesmo dia e nas mesmas cidades, mas em horário diferente, das 14h às 19h.

Para o cargo de procurador jurídico, as provas objetivas serão aplicadas em 13 de abril de 2024, das 13h às 18h, e a prova discursiva está marcada para 14 de abril, das 8h às 12h.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp