Câmera escondida instalada por empresário em casa alugada registrou banhos e rotina de moradores por 2 semanas

Adolescente achou equipamento escondido após encontrar locador dentro do banheiro da casa e ele fugir. Câmera chegou a gravar adolescentes e crianças nuas.

Compartilhe:

Uma câmera escondida, instalada em uma residência alugada em Anápolis, em Goiás, capturou imagens dos moradores durante o banho e suas atividades diárias por aproximadamente duas semanas, conforme informações da Polícia Civil. O empresário e locador Francismar Fernandes da Silva, de 36 anos, foi preso suspeito de instalar a câmera que registrou imagens de adolescentes e crianças despidas.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo a delegada Aline Lopes, a câmera foi descoberta quando uma adolescente de 16 anos, que residia com sua família na casa alugada, surpreendeu Francismar no banheiro da residência em fevereiro deste ano. Naquele dia, a adolescente estava sozinha em casa, pois não se sentia bem e não tinha ido à escola. Ao ouvir o cachorro latindo em direção ao banheiro e ir verificar, ela encontrou Francismar, que fugiu imediatamente.

“Ele estava familiarizado com a rotina da família. Ele escolheu esse horário porque acreditava que a casa estaria vazia”, disse a investigadora.

Câmera escondida foi descoberta por adolescente

A adolescente, desconfiada, descobriu uma câmera escondida que havia sido instalada na tomada do banheiro. A Polícia Técnico-Científica confirmou a existência da câmera, que transmitia em tempo real as imagens capturadas no banheiro e também armazenava os arquivos, de acordo com a polícia.

Empresário é preso por instalar câmera escondida em banheiro de casa alugada e gravar adolescente e crianças nus
Foto: Divulgação/Polícia Civil

As investigações indicam que a câmera permaneceu instalada por cerca de 15 dias, registrando os momentos de banho dos moradores, incluindo crianças e adolescentes.

A família relatou à polícia que, após alugar a casa, Francismar fingiu que precisava retirar algum objeto da residência e, naquela ocasião, pediu para usar o banheiro. Foi oferecido a ele outro banheiro, mas o empresário insistiu em usar o banheiro onde os moradores tomavam banho.

“Ele passou cerca de 10 minutos nesse banheiro. Acreditamos que foi nesse momento que ele instalou a câmera”, disse a delegada.

Prisão

Além da prisão preventiva, também foi executado um mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, resultando na apreensão de vários dispositivos eletrônicos, que serão investigados.

Empresário é preso por instalar câmera escondida em banheiro de casa alugada e gravar adolescente e crianças nus
Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com a delegada Aline Lopes, o empresário pode ser acusado pelo crime de registrar cenas de nudez de crianças e adolescentes, além de invadir a casa: “Como a casa estava alugada, ele não tinha permissão para entrar. Isso configura invasão”, acrescentou.

A polícia descobriu que Francismar é proprietário de uma empresa de energia solar, com acesso ao interior de várias casas, o que levou à suspeita de que pode haver mais vítimas. Por isso, a Polícia Civil divulgou a imagem do suspeito na tentativa de identificar outros possíveis crimes.