Atleta de X1 Adriano Bololô morre após carro que ele estava colidir com poste no Ceará; Vídeo

Outros quatro atletas que estavam no veículo ficaram feridos e foram socorridos. Eles publicaram vídeo com carro a 129 km/h e dança ao volante antes de acidente.

Compartilhe:



O jogador de futebol X1 e fut 7, Adriano Sampaio, conhecido como Adriano Bololô, de 25 anos, morreu após o carro que ele estava bater em um poste na cidade de Fortim, no litoral Leste do Ceará. O acidente aconteceu durante a madrugada desta quinta-feira (30).

Quatro outros atletas que estavam no veículo ficaram feridos e foram socorridos. Raul Xavier está internado no Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza, enquanto Caio foi levado para o hospital de Limoeiro do Norte. Não há informações sobre a alta de João Paulo (Coruja) e Da Lua.

Um vídeo publicado por alguns atletas mostra o veículo a 129 quilômetros/hora antes do acidente que resultou na morte de Adriano Bololô. Nas imagens, João Paulo (Coruja), que dirigia, aparece dançando enquanto conduzia o carro, e em outro momento, é possível observar o velocímetro marcando excesso de velocidade.

Assista o vídeo:

O X1 é considerado uma modalidade de futebol society que surgiu em Pernambuco. Esse esporte consiste na disputa de equipes formadas por um jogador e um goleiro.

Segundo o empresário Diego Gentil Tavares, da equipe de X1 à qual os atletas pertenciam, eles viajaram para uma partida em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Bololô estava apenas assistindo aos amigos e, no retorno para casa, o carro colidiu com um poste.

Foto: Divulgação

Adriano Bololô, que viajou para assistir ao jogo dos amigos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local, deixando uma filha.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o veículo colidiu com uma placa de sinalização no canteiro central da rodovia, resultando na morte do atleta. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) compareceu ao local para coletar indícios que subsidiarão os trabalhos policiais.

Carreira

Adriano Bololô, reconhecido por suas conquistas em diversas equipes de futebol no Ceará e como uma figura proeminente no X1, havia sido liberado pelo Uruguai Fut7 para representar o Flamengo nas Ligas Nacional e das Américas. Além de defender a Seleção Brasileira, jogou pelo Resenha, do Piauí, sendo a principal equipe do país na modalidade.

Foto: Divulgação

Na segunda-feira (28), Bololô venceu o atleta Laboba pela X1 Brazil, conquistando sua quarta vitória consecutiva na empresa e se preparando para disputar o cinturão da modalidade, praticada em um campo padrão de futebol society. O jogador também atuou pelo Fortaleza Esporte Clube na Liga Fut7 deste ano, e o clube emitiu uma nota de pesar pela sua trágica morte.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.