Vídeo: Cães extremamente magros são resgatados em casa abandonada no norte do Tocantins

Caso foi em imóvel do bairro São João, em Araguaína. Não havia ninguém no local na hora que as equipes chegaram.

Compartilhe:

Após várias denúncias de moradores vizinhos, dois cães aparentemente abandonados foram resgatados em Araguaína, no norte do estado. A ação ocorreu nesta quarta-feira (29), envolvendo equipes da Associação de Proteção Animal de Araguaína (Apaa) e policiais ambientais.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

No local, as equipes encontraram um ambiente deplorável. Assista o vídeo:

Segundo a Apaa, a entidade foi alertada sobre a condição dos animais em uma residência no bairro São João, e a associação formalizou a denúncia junto à Secretaria de Meio Ambiente, que acionou uma busca e apreensão autorizada por mandado judicial.

Com o apoio da Polícia Militar Ambiental, o representante da Apaa, Diego Pires, entrou o local e encontrou os cães extremamente magros em meio a um ambiente de extrema sujeira. Não havia ninguém presente na casa quando as equipes chegaram.

“Dentro do imóvel estava uma zona. Muito mato, um cenário caótico, de guerra. Não tinha um metro quadrado que não tinha fezes e urina. Muito lixo e a casa imunda, ambiente insalubre. Nos fundos da casa encontramos os dois animais em uma situação muito crítica. Caquéticos, magros, doentes, muito debilitados, mais mortos do que vivos”, descreveu Diego.

Os cães foram resgatados e agora estão sob os cuidados da Apaa, onde receberão tratamento, incluindo castração, vacinação e identificação contra o calazar, antes de serem disponibilizados para adoção. A PM informou que na residência não havia comida para os cães, apenas um pouco de água em recipientes. Também foi relatado que uma mulher que vivia na casa foi removida por parentes devido a problemas de saúde.

A associação disse ainda que foi descoberto os proprietários da casa residem na cidade, e o caso será levado aos tribunais para responsabilização legal pelos maus-tratos aos animais.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.