Arcebispo de Palmas presenteia Papa Francisco com terço de capim dourado

Segundo Dom Pedro, a peça representa a cultura e riquezas da natureza do Tocantins. O encontro aconteceu durante Sínodo da Amazônia realizado no Vaticano.
Compartilhe


Arcebispo Metropolitano de Palmas, Dom Pedro Brito Guimarães, presenteou o Papa Francisco com um terço de Capim Dourado. O encontro aconteceu durante o Sínodo da Amazônia realizado no Vaticano. Segundo o arcebispo, a peça representa a cultura e riquezas da natureza do Tocantins.

“O presente foi feito para ser utilizado como fonte de oração, pois a oração é a ecologia da alma”, conta Dom Pedro. Na ocasião, o arcebispo explicou ao Papa sobre a importância que o capim dourado exerce na vida de várias pessoas que sobrevivem do seu cultivo na região do Tocantins.

“As pessoas fazem artesanato deste capim e o utilizam como fonte de subsistência”, disse. O Papa abençoou, agradeceu e levou consigo o presente.

Dom Pedro destacou ainda que a participação no Sínodo da Amazônia representa a luta e defesa por uma ecologia integral. “Defender o Jalapão e seus povos originários com suas culturas e artesanato é indispensável. Creio que estamos dando um exemplo muito bonito para os caminhos da Igreja na Amazônia e para a ecologia integral”, pontuou o Bispo.

Além disso, ele ressaltou que devemos agradecer a Deus por tantos bens produzidos pela natureza e preservá-los.

Terço de capim dourado – Foto: Ilustrativa

| Recomendado