Advogada suspeita de aplicar golpes e receber cerca de R$ 700 mil é presa em Palmas

Flávia Paulo Oliveira foi detida em cumprimento de mandado de prisão. Ela é investigada por estelionato e fraude documental.

Compartilhe:

A advogada Flávia Paulo Oliveira foi presa nesta terça-feira (12), em Palmas. De acordo com a Polícia Civil, ela é suspeita de envolvimento em casos de estelionato e fraude documental na capital. A advogada é acusada de aplicar golpes por meio da emissão de guias de pagamento falsas e do uso de procurações para receber valores destinados aos seus clientes. As investigações indicam que aproximadamente R$ 700 mil foram desviados.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A detenção da advogada faz parte de uma investigação conduzida pela 1ª Delegacia de Polícia de Palmas e outras delegacias. De acordo com o delegado Douglas Sie Carreiro, responsável pelo caso, Flávia vinha cometendo os crimes desde 2017, mesmo antes de obter seu registro profissional como advogada.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) informou que Flávia teve seu registro profissional suspenso por decisão do Tribunal de Ética e Disciplina, o que a proíbe de exercer a advocacia.

Advogada suspeita de aplicar golpes e receber cerca de R$ 700 mil é presa em Palmas
Foto: Divulgação/SSPTO

O mandado de prisão preventiva foi solicitado pelo Ministério Público e cumprido na manhã desta terça-feira. Segundo o delegado, Flávia recebia procurações das vítimas, autorizando-a a receber valores em seu nome. No entanto, ela se apropriava desses valores, não os repassando conforme o combinado.

A polícia também está investigando outra advogada suspeita de envolvimento nos mesmos crimes.

Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp

Flávia Paulo Oliveira é natural de Colinas do Tocantins e graduada em Direito pela UNIESP e em Ciência da Computação e Informática pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), especialista em Direito Administrativo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em Direito Imobiliário pela Escola Paulista de Direito.

Advogada suspeita de aplicar golpes e receber cerca de R$ 700 mil é presa em Palmas
Foto: Divulgação

Por meio de nota da OAB Tocantins destacou que a Procuradoria de Prerrogativas não recebeu notificação oficial sobre a operação policial envolvendo a advogada. A OAB reforçou que, por decisão do Tribunal de Ética e Disciplina, Flávia está temporariamente suspensa do exercício da advocacia.