Tocantins tem alerta para chuvas intensas para início da semana; veja previsão

A previsão é de pancadas de chuvas e trovoadas isoladas em Palmas, Araguaína, Dianópolis e outras cidades.

Compartilhe:

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de cor amarela para chuvas fortes em todo o Tocantins. A precipitação pode variar de 20 a 30 milímetros por hora. O aviso é válido até terça-feira (2), às 10h.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O alerta amarelo indica um perigo potencial, de acordo com o Inmet. Durante esse período, os residentes devem estar atentos a rajadas de vento e ao uso de dispositivos conectados à tomada durante tempestades elétricas.

Segundo o Instituto, apesar das orientações, há um baixo risco de interrupção de energia elétrica, queda de galhos de árvores, inundações e descargas elétricas.

Previsão do Tempo

Em Palmas, a previsão é de muitas nuvens com pancadas de chuva e trovoadas isoladas nesta terça-feira (2). A temperatura máxima será de 32 ºC e mínima de 22 ºC.

No norte do estado, em Araguaína, também deve chover durante todo o dia. A temperatura mínima será de 24 graus e a máxima de 30.

Em Dianópolis, a temperatura máxima deve ser de 29 graus com possibilidade de queda e mínima de 22 graus. No município, são esperadas pancadas de chuvas e trovoadas isoladas.

Orientações

  • Não se abrigue debaixo de árvores durante rajadas de vento
  • Não estacione veículos perto de torres de transmissão e placas de propaganda
  • Evite usar dispositivos eletrônicos conectados à tomada
  • Se notar que uma parede da sua casa está úmida, não ligue equipamentos elétricos nas tomadas instaladas nela
  • Não realize manutenções quando estiver chovendo
  • Mantenha-se afastado de áreas abertas, como campos de futebol. Também mantenha distância de piscinas, lagos, árvores, antenas e locais elevados
  • Para informações ou em caso de acidentes, ligue para a Defesa Civil pelo 199 ou para o Corpo de Bombeiros pelo 193

Danos em equipamentos, o que fazer?

Se algum equipamento doméstico queimar devido a oscilações de energia, o proprietário deve solicitar o reembolso dentro de um prazo de 90 dias, de acordo com o Procon Tocantins. A concessionária, após receber o pedido, deve responder ao consumidor em até 15 dias.

Uma inspeção deve ser realizada para comprovar o problema em um prazo de 10 dias. Este procedimento, segundo o Procon, não deve ter nenhum custo para a pessoa que perdeu o bem. Após esse prazo, a empresa também terá mais 20 dias para providenciar o conserto, substituição ou mesmo o reembolso do valor do produto queimado.

Se for uma geladeira ou outro eletrodoméstico que é usado para a conservação de alimentos ou medicamentos, esse prazo é consideravelmente reduzido.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp