Suspeito é perseguido e preso por PMs após três assaltos em uma única noite; Vídeo

Assaltante tinha dois mandados de prisão em aberto. Com ele, os policiais apreenderam uma arma de fabricação caseira e mais de R$ 6 mil em dinheiro.

Compartilhe:

Na noite de domingo (28), um homem de 31 anos foi perseguido e preso suspeito de ter realizado assaltos em pelo menos três farmácias em Paraíso do Tocantins, na região central do estado. Um vídeo de câmeras de segurança mostra pelo menos cinco policiais correndo atrás do homem após ele deixar o estabelecimento.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Assista o vídeo:

A Polícia Militar informou que, por volta das 20h, recebeu uma denúncia sobre um homem assaltando uma farmácia no centro da cidade. No deslocamento, a equipe foi informada de que ele já estava em outra farmácia na avenida Bernardo Sayão.

Ao chegar à avenida, os policiais localizaram o suspeito assaltando uma terceira farmácia no setor Milena, na região norte da cidade. No local, equipe flagrou o suspeito saindo estabelecimento. O homem, que não teve o nome divulgado, largou a motocicleta e fugiu sendo perseguido por pelo menos cinco policiais e, por fim, foi detido.

As câmeras de segurança da farmácia também registraram o momento em que o homem, com capacete na cabeça, contorna o balcão e ameaça a atendente. Ela esvazia o caixa e entrega o dinheiro ao homem, que, ao sair, depara-se com os policiais, dando início à perseguição.

De acordo com a polícia, o homem tentou se desfazer de um revólver de fabricação artesanal e resistiu à prisão, sendo contido pelos policiais. Além do revólver, a polícia encontrou mais de R$ 6.376,00 em dinheiro, supostamente provenientes dos assaltos, e uma motocicleta.

O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil de Paraíso do Tocantins e enfrentará acusações de roubo qualificado e resistência.

Além disso, foi constatado que o suspeito possuía dois mandados de prisão em aberto, um por estupro emitido pela Justiça do Maranhão e outro por roubo expedido pela Comarca de Araguaína.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp