Suspeito é morto em confronto com a PM após invadir casa de policial e furtar arma em Buriti do Tocantins

PM afirmou que o suspeito, de 29 anos, fez três disparos contra os policiais, mas não atingiu ninguém. Ele tinha um mandado de prisão em aberto por crime cometido no Maranhão.

Compartilhe

Um homem de 29 anos foi morto durante um suposto confronto com a Polícia Militar neste sábado (10) em Buriti do Tocantins, no norte do estado. A corporação afirmou que o rapaz teria invadido a casa de um dos policiais militares e furtado uma arma. A PM informou ainda que o indivíduo também tinha passagens por outros furtos e roubos na região e era considerado foragido pela Justiça do Maranhão.

A PM afirmou que o suspeito foi localizado após uma denúncia e quando as equipes chegaram ao local ele ainda teria tentando fugir pelos fundos da casa. O homem não conseguiu pular uma cerca de arame e por isso teria aberto fogo contra os policiais que faziam a perseguição.

A corporação afirmou que o homem fez três disparos, sem acertar ninguém. A arma usada por ele teria sido a mesma que foi levada da casa do PM minutos antes. O suspeito morreu ainda no local. O nome dele não foi divulgado pela Polícia Militar e nem o crime pelo qual ele era foragido no Maranhão.

Além da pistola, na casa em que ele estava escondido foram encontradas ainda joias e R$ 600 em espécie. A PM declarou que o local foi isolado e preservado até a chegada da equipe da perícia e do Instituto Médico Legal (IML).