Suspeito de matar mulher em Xambioá se apresenta à polícia e é liberado; traição teria motivado o crime

Mulher foi encontrada morta após vizinhos verem homem deixando casa com uma faca suja de sangue. Polícia diz que mulher teria traido o marido horas antes.

Compartilhe

 

O suspeito de matar uma jovem de 23 anos com uma facada no peito se apresentou à polícia na manhã desta segunda-feira (10), em Xambioá, no norte do Tocantins. Ele prestou depoimento e vai responder pelo crime em liberdade. 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o crime aconteceu logo após o homem supostamente descobrir uma traição. A jovem foi encontrada morta na manhã de domingo (9) em uma casa no setor Alto Bonito.

O suspeito foi identificado pelos vizinhos após sair correndo do local com manchas de sangue e uma faca na mão. Ele estaria morando com a vítima há pouco tempo.

Segundo a Polícia Civil, o casal teria recebido alguns amigos na noite de sábado (8) e a mulher teria ficado interessada em um dos visitantes, um jovem de 24 anos. 

Conforme apurado pela polícia, depois que o companheiro dormiu embriagado, a mulher supostamente teria ido para o outro quarto e dormido com o visitante. O suspeito percebeu o ocorrido pela manhã, discutiu com a mulher e depois deu um golpe de faca no peito dela.

O homem estava sendo procurado, mas teria fugido da cidade. Ele se apresentou acompanhado de um advogado após o período do flagrante.

A Polícia Civil informou que ele confessou parcialmente a prática do crime. Ele foi indiciado por feminicídio, mas vai responder em liberdade.

As investigações estão sendo feitas pela 22ª delegacia de Xambioá.