Suspeito de furto de carro passa mal dentro de viatura e morre após ser perseguido e preso pela PM; Vídeo

Polícia suspeita que ele tenha sofrido um infarto. Conhecido como "Hilux', homem tinha mandado de prisão aberto e teria furtado dois carros antes de ser preso.

Compartilhe:

Everton Lobo Correia, vulgo Hilux”, de 33 anos, morreu momentos após ser perseguido e preso por uma equipe do grupo de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas da Polícia Militar, em Palmas. Segundo a corporação, os policias relataram que ele passou mal dentro da viatura, sendo conduzido ao hospital, mas não resistiu. A suspeita é que ela tenha sofrido um infarto.

A prisão ocorreu na tarde do último domingo (10), e um vídeo gravado por moradores de um edifício registrou parte da perseguição. Na gravação, Everton Lobo, supostamente, corre por uma área de mata, sendo perseguido por uma viatura e policiais a pé. Em um momento específico, um disparo é ouvido, seguido pela imagem do suspeito sendo colocado na parte traseira da viatura da Rotam.

Assista o vídeo:

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que os policiais militares registraram o caso na 1ª Central de Atendimento da Polícia Civil na noite do mesmo dia.

Conforme a narrativa dos policiais, durante o patrulhamento na região, Everton percebeu a presença da viatura, tentou fugir e foi perseguido. Ao entrar em uma área de mata, o suspeito abandonou o veículo e continuou a fuga a pé, mas foi alcançado pelos policiais.

Ainda de acordo com os relatos, Everton teria admitido ter furtado um coldre de uma camionete na Praia da Graciosa e a bateria de outro veículo estacionado próximo a um shopping na região. Os furtos ocorreram pouco antes da prisão, e uma das vítimas foi identificada.

Foto: Reprodução

Os policiais afirmaram que estavam conduzindo Everton para a 1ª Central quando ele começou a apresentar mal-estar dentro da viatura. O veículo foi parado, e uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada. Everton recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado ao Hospital Geral de Palmas, onde veio a falecer.

Segundo a SSP, Everton, conhecido pelo apelido de “Hilux,” possuía um mandado de prisão em aberto e utilizava tornozeleira eletrônica.

A SSP informou também que foi registrado um boletim de ocorrência sobre o óbito, e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exames de necropsia.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.