Reunião define fluxo de atendimento no Conselho Tutelar de Porto Nacional

Compartilhe:

Uma reunião realizada com representantes do Conselho Tutelar de Porto Nacional com a Promotoria de Justiça  da cidade discutiu os fluxos e protocolos de atendimento à população local.  O encontro aconteceu nesta segunda-feira, 14, e contou com a participação da promotora Márcia Mirele Stefanello Valente e de técnicos do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude do Ministério Público Estadual (Caopij/MPE).

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

De acordo com a Promotora, o Conselho Tutelar não possuía uma dinâmica de trabalho definida, o que possibilitava que cada conselheiro atuasse conforme seu entendimento. “Com a criação do fluxo e possibilidade de disseminação deste, as práticas dos Conselhos Tutelares ficam mais claras tanto para os profissionais quanto para a sociedade, que entenderá melhor o que é atribuição da entidade”.

Na ocasião, foram definidos os fluxogramas de atendimento nas áreas de abuso e exploração sexual, ato infracional, abandono e trabalho infantil. Uma nova reunião será realizada até setembro, com a participação dos órgãos da Prefeitura Municipal de Porto Nacional que atuam nas áreas de interesse do Conselho Tutelar. (Com informações da Ascom/MPE)

Foto Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *