Prefeito de Araguanã morre, aos 54 anos, em decorrência da Covid-19

O gestor estava internado desde o dia 10 de junho no Hospital Dom Orione, em Araguaína.

Compartilhe

 

O prefeito de Araguanã Hernandes Neves de Brito (DEM) conhecido como Hernandes da Areia, , de 54 anos, morreu vítima de Covid-19, neste sábado (11). A informação foi confirmada pelo Hospital Dom Orione, de Araguaína.

Hernandes estava internado desde o dia 10 de junho. Ele  procurou uma unidade de saúde após apresentar alguns sintomas, como dificuldades para respirar. Foi encaminhado para o Hospital Regional de Xambioá e depois transferido para o Hospital Dom Orione, em Araguaína.

Na época, a mulher dele Rosineire Silva de Sá, de 53 anos, também testou positivo para a Covid-19, mas se recuperou da doença.

No dia 19 de junho, o sogro do prefeito de 83 anos, que também havia sido contaminado com o novo coronavírus, morreu. Ele estava internado no Hospital Regional de Guaraí.

Vereadora assume prefeitura

Após a internação do prefeito Hernandes, o presidente da Câmara de Vereadores Cícero Cruz de Araújo (PDT) assumiu o comando da cidade. Mas, ele morreu no dia 26 de junho, após passar mal em um restaurante de Araguaína. A suspeita é que ele tenha sofrido um infarto.

Por causa disso, a vereadora Irene Rodrigues Ramos Duarte (PSD) tomou posse no dia 29 de junho como prefeita interina. Ela era vice-presidente da Câmara de Vereadores.

*Com informações do G1