Polícia indicia homem que apresentou menina de 13 anos como companheira

Crime aconteceu em Aparecida do Rio Negro, na região central do Tocantins, e investigação apontou que adolescente foi abusada sexualmente.

Compartilhe:

Um homem de 29 anos suspeito de abusar sexualmente de uma adolescente em Aparecida do Rio Negro, na região centradl do estado, foi indiciado esta quarta-feira (27) por estupro de vulnerável. Segundo a Polícia Civil, as investigações conduzidas pela 78ª Delegacia da cidade revelaram que ele apresentava a menor como sua companheira.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O nome do suspeito não foi divulgado. Inicialmente, os agentes estavam investigando o desaparecimento de uma adolescente de 13 anos, relatado em 15 de fevereiro deste ano.

Após buscas, a equipe localizou a jovem em 7 de março e a reintegrou à família. O delegado Gustavo Henrique da Silva Andrade, encarregado da investigação, explicou que a adolescente havia fugido com o homem indiciado, o qual a apresentava como sua parceira atual.

A jovem foi submetida a exames médicos, psicológicos e sociais, que confirmaram a ocorrência de violência sexual, considerando sua idade, apenas 13 anos.

Como não houve flagrante, o homem indiciado não foi detido. A polícia concluiu o inquérito e o encaminhou ao Poder Judiciário e ao Ministério Público, que tomarão as medidas legais cabíveis sobre o caso.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp