Polícia Civil realiza em Gurupi mais um mutirão de cumprimento de mandados

Compartilhe:

A 3° fase da Operação “Varredura”, resultou na prisão de 25 pessoas em Gurupi e Região. Entre presos estão Leandro Dias Souza, que abandonou tornozeleira eletrônica com bilhete em delegacia, no final de 2017, e João Fiel Neto, envolvido no latrocínio que vitimou o fotógrafo Cláudio Frascari, em Gurupi. A ação foi deflagrada entre os dias 2 e 4 de maio e visa sanar o déficit de mandados de prisão expeditos pela Justiça. Segundo o Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP)., são quase 3 mil mandados que aguardam comprimento no estado.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Conforme a Polícia Civil, entre os crimes praticados pelos detidos estão homicídio, tráfico de drogas, roubo, estupro, violência doméstica, dentre outros, assim como pelo não pagamento injustificado de pensão alimentícia. As prisões foram feitas em cumprimento de mandados judiciais de prisão.

Dentre as prisões, destacam-se a de Leonardo Amorim Soares, com várias passagens pela polícia do estado e autor de roubo a relojoalheria, no ano de 2016, na Capital, e de vários outros crimes, sendo, desta vez, recolhido à prisão em decorrência de cumprimento de mandado de prisão expedido pela Comarca de Cuiaba-MT.

Além dele, João Fiel Neto, preso na operação em cumprimento a mandado de prisão oriundo da Comarca de Goiânia – GO, em decorrência de sentença condenatória por furto qualificado. João é, ainda, acusado de envolvimento no latrocínio que vitimou o fotógrafo Cláudio Frascari, em Gurupi, no ano de 2016.

De grande repercussão foi também a prisão de Leandro Dias Souza, em cumprimento de dois mandados de prisão da Comarca de Uruaçu/TO, pelos crimes de furto e homicídio na condução de veículo automotor. No Tocantins, ele cumpria pena em prisão domiciliar, mas teve decretada judicialmente sua regressão de regime de cumprimento de pena, ao abandonar a tornozeleira eletrônica com um bilhete em unidade policial da cidade de Gurupi, no mês de dezembro de 2017.

Por fim, na operação também foi presa Claudilene Correia Sousa, condenada a uma pena de 8 anos e 10 meses em regime fechado, pela prática de tráfico de drogas, quando buscava adentrar a presídio na cidade de Cariri portando entorpecentes e celulares.

Após as providências legais cabíveis, os presos foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória do município, permanecendo à disposição do Poder Judiciário.

Com a finalização desta fase, a Operação Varredura cumpre mais de 100 mandados de prisão em todo o estado e a previsão é de que novas missões policiais civis sejam implementadas no ano. Uma das fases da operação chegou envolver as Delegacias Regionais de Alvorada, Araguaína, Araguatins, Arraias, Colinas do Tocantins, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema do Tocantins, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Porto Nacional e Tocantinópolis. Outras operações semelhantes também aconteceram nas cidades de Tocantinópolis, Araguaína e Paraíso do Tocantins.

Confira a relação de presos nesta fase da operação:

1         Leonardo Amorim Soares, 44 anos, crime de furto, em cumprimento de mandado de prisão da Comarca de Cuiabá-MT;
2         Raimundo Alves Pinto Filho, 34 anos, crime de furto, em cumprimento de mandado de prisão preventiva da Comarca de Pedro Afonso-TO;
3         Leandro Dias Souza, 27 anos, crimes de furto, homicídio culposo e furto, em cumprimento de dois mandados de prisão da Comarca de Uruaçu-GO.
4         Mizael Ribeiro Reis, 38 anos, crime de receptação, em cumprimento de mandado de prisão preventiva da Comarca de Goiânia-GO;
5         João Fiel Neto, 35 anos, crime de furto, em cumprimento de mandado de prisão preventiva da Comarca de Goiânia –GO;
6         Geferson Pereira da Silva, 24 anos, crime de roubo;
7         Claudilene Correia Sousa, 32 anos, crime de tráfico de drogas;
8         Moacir Ferreira Nolasco, 62 anos, crime de Estupro de Vulnerável;
9         Ismael Glória Silva, 28 anos, crime de tráfico de drogas;
10     Demi Leandro da Silva, 34 anos, crime de desobediência de ordem legal de funcionário público;
11     Florisney Martins Silva, 24 anos, crime de porte ilegal de arma de fogo;
12     Walmir Pereira de Oliveira, 36 anos, crime de furto;
13     Edimilson Martins da Rocha, 32 anos, crime de furto;
14     Marivaldo Cardodo dos Santos, 41 anos, crime de estupro de vulnerável;
15     Antonio Marcos da Silva, 79 anos, crime de estupro de vulnerável;
16     Marcos Luiz dos Santos, 35 anos, crime de furto;
17     Phablo Coeta Bezerra, 25 anos, em cumprimento de mandado de prisão preventiva (Processo com segredo de justiça);
18     Leandro Rodrigues Teixeira, 21 anos, crime de violência doméstica;
19     Charles Gomes de Souza, 30 anos, crime de tráfico de drogas;
20     Taliton Fernandes dos Santos, 22 anos, crime de roubo;
21     Nelci Lourenço das Neves, 50 anos, crime de tráfico de drogas;
22     Vilmondes Ferreira Bueno, 56 anos, crime de tráfico de drogas;
23     Carlos Magno Souza Gomes, 29 anos, crime de tentativa de homicídio;
24     Cleber Clemente Barros, prisão civil decretada judicialmente pelo não pagamento injustificado de pensão alimentícia aos dependentes;
25     Augusto Santos Lopes, prisão civil decretada judicialmente pelo não pagamento injustificado de pensão alimentícia aos dependentes;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *