Parques estaduais são fechados em prevenção ao coronavírus no Tocantins

Ficam fechados o Parque do Jalapão, o Cantão, Parque do Lajeado e Monumento das Árvores Fossilizadas. Suspensão não tem prazo para terminar.

Compartilhe

 

Um decreto assinado pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), nesta terça-feira (17), suspende as visitações a quatro parques estaduais, inclusive o Jalapão. A medida é parte dos esforços de prevenção ao novo coronavírus. O estado, segundo o balanço do Ministério da Saúde para esta terça, está com 11 casos suspeitos da doença. Nenhum foi confirmado.

A medida não tem um prazo para terminar. Segundo o governo, a suspensão vai continuar até que as “ações executadas pelos órgãos de controle da doença indiquem uma volta à normalidade”.

Todos estes parques são administrados pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). O objetivo é reduzir o contato social para evitar a proliferação do vírus.

A determinação se aplica às atrações que são diretamente administradas pelo Governo do Tocantins. A Secretaria de Comunicação informou que a expectativa do Palácio Araguaia é que atrações particulares, como os fervedouros, a Lagoa do Japonês e a Cachoeira do Formiga, também adotem a medida espontaneamente.

Confira as atrações turísticas afetadas pela medida

  • Parque Estadual do Cantão: Trilha do Cega Machado, Trilha do Ferrugem e Varjão do Murici, Trilha do Lago Rico e Trilha do Lago de Dentro.
  • Parque Estadual do Jalapão: Cachoeira da Velha, Prainha da Cachoeira da Velha, Dunas e Trilha do Espírito Santo.
  • Parque Estadual de Lajeado: Trilha do Mirante das Mangabeiras, Trilha do Mirante da Onça, Trilha do Brejo Cumprido e Trilha da Matinha.
  • Monumento Natural das Árvores Fossilizadas: Trilha da Andradina, Trilha da Buritirana e Trilha do Neco.