Pai escuta barulho de tiros e encontra filho morto perto de casa no interior do Tocantins

Homicídio aconteceu em Miracema do Tocantins. Vítima tinha 27 anos, usava tornozeleira eletrônica e havia saído da prisão há cerca de um mês.

Compartilhe:

Alan Rodrigues Barros, de 27 anos, foi morto a tiros nas proximidades da casa onde morava em Miracema do Tocantins, na região central do estado. O pai dele relatou que Alan saiu para visitar a namorada e, minutos depois, ouviu disparos de arma de fogo. Ao verificar, encontrou seu filho morto.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O crime ocorreu no setor Flamboyant. Alan, que havia sido libertado da prisão aproximadamente um mês antes, utilizava tornozeleira eletrônica. A Polícia Militar foi acionada e encontrou a vítima sem vida na calçada.

O pai explicou à polícia que Alan estava deitado na rede da área e mencionou que sairia para entregar um cartão de memória à namorada. Ao ouvir os tiros, o pai foi até a esquina e foi informado por uma vizinha sobre um corpo na calçada.

Testemunhas afirmaram que Alan foi atingido por pelo menos sete disparos. A investigação do crime ficará a cargo da 67ª Delegacia de Polícia de Miracema, e, até o momento, não houve prisões relacionadas ao caso.

A Prefeitura de Miracema expressou pesar pela morte de Alan, enviando condolências à família e amigos. O pai da vítima é servidor público municipal. “Neste momento difícil, compartilhamos nossas condolências à família e amigos, desejando força para enfrentar essa dolorosa perda”.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.