Paciente de 19 anos é executado após ambulância ser interceptada na TO-222

Compartilhe:

Ailton da Silva Sousa, de 19 anos, foi executado após que o transportava ambulância ser interceptada na TO-222, próximo a cidade de Aragominas, no norte do Tocantins. A vítima havia sofrido uma tentativa de assassinato no mesmo dia, mas sobreviveu e foi atendido no hospital local. Quando estava sendo transferido para o hospital de Araguaína houve o segundo ataque.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Conforme relato do motorista da ambulância, ao chegar próximo a um Britador no km 129 da rodovia, o veículo foi abordado por três homens que estavam em um carro branco que ordenaram a sua parada.

Ao encostar ambulância, os homens o fizeram sair, juntamente com a mãe de Ailton, que o acompanhava e disparam cerca de 10 vezes contra a vítima que  morreu no local.

A Polícia Militar informou que o crime tem características de acerto de contas, já que a mãe da vítima e o motorista da ambulância não foram feridos. Ailton tinha passagens pela polícia por furto e tráfico de drogas e estava sofrendo ameaças. o rapaz foi atingido por pelo menos 10 tiros, principalmente na cabeça.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *