Operação da PF mira suspeitos de vender cocaína em bares e boates de Palmas

Investigação aponta que grupo vendia a droga em comércios durante noites e madrugadas. Tráfico acontecia, supostamente, sem que os proprietários dos estabelecimentos soubessem.

Compartilhe:

Nesta terça-feira (9), a Polícia Federal cumpriu mandados de prisão, busca e apreensão em Palmas, como parte de uma operação direcionada ao combate ao tráfico de drogas. De acordo com as investigações, indivíduos estavam utilizando estabelecimentos comerciais da capital para a comercialização de entorpecentes durante as horas noturnas e na madrugada.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo a PF, na ação foram executados dois mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão em Palmas e Aparecida de Goiânia (GO), com autorização concedida pelo juiz da 4ª Vara Criminal de Palmas. Além disso, a Justiça autorizou o bloqueio de valores em contas bancárias dos investigados.

A investigação da Polícia Federal identificou a possível atuação de um grupo criminoso envolvido na distribuição e comercialização de cocaína em pequena escala, focando em estabelecimentos comerciais noturnos que geralmente vendem bebidas alcoólicas.

Operação da PF mira suspeitos de vender cocaína em bares e boates de Palmas
Foto: Divulgação/PF

Para os investigadores, o tráfico de drogas ocorria durante as noites e madrugadas, especialmente nos períodos de maior movimento de frequentadores, sem o conhecimento dos proprietários dos estabelecimentos.

A investigação apontou ainda que os estabelecimentos utilizados pelo grupo, destacava por possuirem uma clientela diversificada em termos sociais. Além disso, está em curso uma investigação sobre uma possível atuação interestadual do grupo criminoso, com ramificações em Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.