Mensagens com ameaças do namorado são encontradas no celular de mulher morta a pauladas junto com filho de sete anos

Crime aconteceu em um assentamento de Cariri do Tocantins, no sul do estado. Namorado está preso e teria confessado o crime.

Compartilhe:

A Polícia encontrou mensagens com ameaças no celular de Benilde Pereira Milhomem, assassinada a pauladas junto com o filho de apenas 7 anos em Cariri do Tocantins, no sul do estado. Para os investigadores, o conteúdo reforça as suspeitas sobre o namorado da vítima, Cleudson Ferreira de Almeira, de 38 anos. O aparelho foi apreendido no local do crime junto com um pedaço de pau que teria sido usado para espancar mãe e filho até a morte.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O delegado responsável pelo caso, Joadelson Albuquerque, disse que ao ser preso, Cleudson confessou os assassinatos.”o celular da vítima, deu pra gente ter certeza de algumas ameaças que a mesma estava sofrendo”, pontua.

Fotos: Divulgação

Os corpos de mãe e filho foram encontrados durante a tarde desta quinta-feira (13), por um agente comunitário de saúde, que foi até a casa da família na zona rural de Cariri do Tocantins para uma visita. Segundo a Polícia Militar, Cleudson estava no local quando as autoridades chegaram. A corporação também afirma que ele confessou o crime.

Uma adolescente, que seria filho do suspeito foi apreendido no local, A polícia investiga a participação dele no crime. O pequeno Enzo não era filho de Cleudson Ferreira. Os corpos da mãe e da criança foram levados para o Instituto Médico Legal de Gurupi, também no sul do Tocantins. Ainda não há informações sobre o enterro.

O suspeito foi levado para Casa de Prisão Provisória (CPP) de Gurupi e deve passar por uma audiência de custódia para saber se poderá responder ao crime em liberdade ou não. Uma perícia foi solicitada na cena do crime para que a dinâmica dos fatos do assassinato fique mais clara.

Foto: PMTO