Mãe e filha são presas durante operação contra tráfico de drogas no norte do Tocantins

A ação resultou também na prisão de três homens de 23, 29 e 30 anos, em cumprimento de mandado de prisão e o sexto suspeito foi preso em flagrante.

Compartilhe

Uma operação da Polícia Civil resultou na prisão de seis pessoas em Araguaína, na região norte do Tocantins, por suspeita de tráfico de drogas. Entre os suspeitos estão mãe e filha de 57 e 27 anos. Nos endereços dos investigados foram encontradas várias porções de drogas, uma arma de fogo e dinheiro.

A ação faz parte da fase da operação Leadership e foi deflagrada para desarticular lideranças que atuam de forma ativa na venda de entorpecentes, começou durante a madrugada. Agetnes da 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (2ª Denarc) realizaram buscas em vários bairros da cidade e encontraram os suspeitos.

Entre os presos estão três homens de 23, 29 e 30 anos. A mulher de 57 anos e a filha dela, de 27 anos, são suspeitas de tráfico de drogas e associação criminosa. Além disso, um homem de 29 anos foi capturado em flagrante.

De acordo com o José Anchieta, dos seis alvos apontados como traficantes ativos, cinco foram capturados. “Nossas investigações apontaram que após as prisões dos líderes do tráfico, outras pessoas que eram consideradas da confiança deles passaram a operacionalizar a venda de entorpecentes na cidade e, desse modo, intensificamos as investigações. Após identificar esses indivíduos, conseguimos efetuar as prisões dos mesmos por meio de cumprimento a mandados de prisão”, explicou.

Com os suspeitos foram localizados entorpecentes, quase R$ 3 mil reais e uma arma de fogo de fabricação artesanal. Após serem levados à Denarc, as ordens judiciais foram cumpridas e os investigados devem ser levados aos presídios do estado.