Justiça condena homem que recebeu porções de droga para cometer assassinato a mais de nove anos de prisão

Crime aconteceu em Paraíso do Tocantins, em setembro de 2020. Vítima foi atacada com vários golpes de faca, mas foi socorrida e sobreviveu.

Compartilhe

O réu Joel Rodrigues Barbosa, de 36 anos, foi condenado pelo Tribunal do Júri a mais de nove anos de prisão por tentativa de homicídio em Paraíso do Tocantins. Conforme consta nos autos, ele teria sido contratado para cometer o crime e foi pago com algumas porções de drogas.

A tentativa de homicídio aconteceu em setembro de 2020. As investigações apontam que vítima foi atacada com vários golpes de faca e ficou seis dias hospitalizada, mas conseguiu se recuperar. O segundo envolvido na morte chegou a ser identificado, mas morreu e teve a pena extinta.

Na época, o réu chegou a ser preso em flagrante logo após o crime, mas teve a liberdade provisória decretada no dia seguinte. Joel Rodrigues voltou a ser preso em outubro do mesmo ano após nova decisão da Justiça.

Durante o júri popular realizado nesta quarta-feira (3) o conselho de sentença considerou o réu culpado por tentativa de homicídio qualificado. A pena foi fixada em nove anos e seis meses de prisão.

Após o julgamento, o condenado foi levado de volta à Unidade Penal do Presídio Barra da Grota, em Araguaína. De acordo com a polícia, ele tem uma extensa ficha criminal e considerado de alta periculosidade.

Joel Rodrigues ainda pode recorrer da sentença, mas deverá permanecer preso.