Jogador é morto a tiros antes de partida de futebol; atirador esperou momento de oração para efetuar disparos

Suspeito se misturou aos atletas e esperou o momento da oração para assassinar Ronaldo Augusto Souza Alves. Crime foi em Franciscópolis (MG).

Compartilhe:

Minutos antes de uma partida de futebol pela Copa União dos Vales, um jogador de 26 anos foi fatalmente baleado no Centro de Franciscópolis, Minas Gerais. Ronaldo Augusto Souza Alves de Amorim, após ser socorrido, foi levado ao hospital em Malacacheta, mas não resistiu aos ferimentos.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O crime aconteceu no sábado (16). Conforme relato no boletim de ocorrência, testemunhas afirmaram que um indivíduo entrou no campo e se misturou aos jogadores da equipe de Carlos Chagas, que se preparavam para o jogo. Ele interagiu com os jogadores como se estivesse aguardando o momento propício para cometer o crime.

No momento em que os jogadores se reuniram para fazer uma oração antes da partida, o agressor aproveitou a oportunidade e disparou várias vezes contra Ronaldo.

O jogador conseguiu correr por cerca de 50 metros, mas foi perseguido e acabou caindo nos fundos do campo, onde foi alvejado mais duas vezes na cabeça, totalizando 10 disparos, de acordo com o boletim de ocorrência.

Segundo relatos das testemunhas, após o crime, o assassino fugiu pelo portão de saída, onde um cúmplice o aguardava em uma motocicleta. A dupla seguiu em direção à cidade de Poté.

A vítima foi socorrida e levada à Policlínica Municipal de Franciscópolis, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi encaminhada ao Hospital Municipal Doutor Carlos Marx em Malacacheta, onde veio a óbito.

As imagens das câmeras de segurança de um bar situado em frente ao campo registraram a chegada e a fuga dos criminosos, conforme mencionado no boletim de ocorrência.

Com base nas imagens e nas informações obtidas durante as investigações, a polícia identificou um suspeito de 31 anos, que, segundo a PM, é membro de uma organização criminosa atuante na zona norte de Teófilo Otoni e nas cidades adjacentes.

Além disso, outros três suspeitos, com idades entre 23 e 29 anos, que possivelmente deram apoio ao crime, também foram identificados.

Até o momento, nenhum deles foi detido. A polícia está investigando a motivação por trás do crime.

A coordenação da Copa União dos Vales divulgou uma nota de pesar nas redes sociais, lamentando a morte do jogador e comunicando a suspensão de todos os jogos da 3ª rodada da competição.