Influenciadora grávida morre com suspeita de dengue aos 22 anos; bebê também morreu

Sofia Amorim morreu um dia após a confirmação da doença. Mãe e filho foram a óbito em um hospital particular em Goiânia.

Compartilhe:

A influenciadora Sofia Amorim, de 22 anos, morreu em Goiânia enquanto estava grávida de 7 meses. A suspeita é de que o óbito teria sido causado pela dengue. O bebê também não resistiu. Uma amiga, que optou por não se identificar, compartilhou que Sofia veio a óbito um dia após o diagnóstico da doença.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

“Devido à intensa falta de ar, inicialmente suspeitaram de ansiedade […] Na tarde de terça-feira, após a confirmação da dengue, os médicos examinaram seus pulmões e detectaram líquido. Por volta das 22h, ela precisou ser entubada”, relatou a amiga.

A influenciadora e o filho morreram em um hospital particular na quarta-feira passada (27). A amiga acrescentou que Sofia foi entubada no dia anterior ao falecimento, sofrendo falência múltipla de órgãos. Os médicos realizaram uma cesariana de emergência.

“O bebê já havia falecido na barriga dela durante a madrugada, mas não puderam realizar o parto imediatamente devido à baixa contagem de plaquetas, o que poderia resultar em perda de sangue. A cesariana foi a última tentativa para salvar sua vida”, explicou a amiga.

Influenciadora grávida morre com suspeita de dengue aos 22 anos
Foto: Divulgação

Sintomas

De acordo com a amiga, Sofia começou a sentir falta de ar e enjoos na sexta-feira (22). Quatro dias depois, na terça-feira (26), o diagnóstico de dengue foi confirmado, e ela precisou ser entubada à noite.

“Ela estava consciente antes de ser entubada”, lamentou a amiga.

Dengue em Goiás

Dados recentes, divulgados nesta quinta-feira (28) pelo site da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, indicam que até a semana 13 de 2024, o estado registrou 72.747 casos confirmados de dengue. O total de casos notificados chega a 159.148, conforme relatado pela pasta.

Em comparação com o mesmo período de 2023, esses números representam um aumento de 257%.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp