Idoso que estava desaparecido é encontrado morto após cair de precipício em pedreira

Raul Pires de Almeida, de 79 anos, tinha Alzheimer e ficou mais de três dias desaparecido após se perder em fazenda, no município de Pugmil, na região central do Tocantins.

Compartilhe:

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O corpo do idoso Raul Pires de Almeida, de 79 anos, que estava desaparecido há mais de três dias foi encontrado na manhã deste sábado (26). Ele não tinha tinha Alzheimer e não foi mais visto após se perder na Fazenda Santa Luzia, no município de Pugmil, região central do estado. A família suspeita que ele tenha caído de um precipício.

O corpo foi localizado dentro da área de mineração de uma empresa que extrai calcário, na zona rural da cidade. A Polícia Científica foi acionada para realizar a perícia no local.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal e transportado para Palmas. O local do velório e sepultamento ainda não foi determinado pela família.

Foto: Reprodução

Raul Pires de Almeida era casado há 50 anos, e seu desaparecimento causou grande angústia à família. Ele sofria de Alzheimer e hipertensão. Os bombeiros também foram chamados e auxiliaram nas buscas.

De acordo com a família, o idoso teria saído em busca de animais da fazenda e se perdeu na mata. Segundo a família, as buscas começaram no mesmo dia do desaparecimento, durante a noite, quando alguns vestígios foram encontrados.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.