Idosa que estava intubada no Hospital de Porto Nacional consegue vaga em UTI; ela perdeu filho para a Covid há três meses

Maria dos Anjos, de 71 anos, tinha sido entubada e aguardava transferência para uma UTI há quatro dias. Em todo o estado, 20 pacientes aguardam um leito de UTI Covid.

Compartilhe

Maria dos Anjos Soares de Abreu, de 71 anos, que luta contra a Covid-19, conseguiu a vaga em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI Covid), após o apelo da família. A idosa aguardava por um leito desde a última quarta-feira (9). Ela perdeu o filho mais novo para a mesma doença há três meses e agora batalha pela vida.

Maria dos Anjos mora em Brejinho de Nazaré e estava intubada no Hospital Regional de Porto Nacional há uma semana. Segundo um parente da idosa, ela deixou a unidade, em uma ambulância, no final da manhã deste domingo (13), e foi encaminhada para um hospital de Palmas.

Ainda de acordo com a parente, a família está em festa, “a gente está comemorando, porque ela precisava de uma UTI. Quando o filho dela morreu, demorou para conseguir uma vaga”, disse.

Conforme dados do site do governo, 20 pacientes aguardam por uma vaga em uma UTI Covid. Além disso, três pacientes estão na fila por um leito clínico. As informações foram atualizadas no portal Integra, às 12h39 deste domingo.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que até o início da tarde deste domingo, havia somente duas vagas de UTI disponível no Hospital Geral de Palmas; outras duas estavam abertas no Hospital Regional de Araguaína; uma no Instituto Sinai em Araguaína; uma na unidade de Augustinópolis e outras duas no Hospital Regional de Gurupi.