Homem suspeito de sequestrar e matar as duas filhas de 4 e 8 anos é preso em Goiás

Ramon Souza Pereira foi encontrado em um lago pela Guarda Civil Metropolitana de Goiânia. Ele teria se revoltado com uma suposta traição da esposa e cometeu o crime.

Compartilhe:

Agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) localizaram, no início da tarde desta terça-feira (23), o homem suspeito de sequestrar e matar as duas filhas, que tiveram os corpos carbonizados encontrados dentro do carro do genitor na noite de ontem na GO-462, em Santo Antônio de Goiás. Ele teria se revoltado com uma suposta traição da esposa e cometeu o crime.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Ramon Souza Pereira, de 30 anos, estava escondido em uma mata no bairro Orlando de Morais (em Goiânia), na mesma região onde incendiou o veículo com as duas filhas dentro. Neste momento, ele está sendo levado para a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Após ser preso, o suspeito foi encaminhado para uma unidade de saúde do Jardim América, em Goiânia.

A corporação afirmou que foi preciso usar cães farejadores e até um drone para encontrar o suspeito, que havia sido visto caminhando em uma estrada por um morador da região.

“Ele falou que ela [esposa] merecia isso. Ele ficou sabendo da traição e agrediu ela. Depois pegou o carro dela e foi buscar as crianças e cometeu o crime, explicou o delegado Marcus Cardoso.

Avisou sobre o crime

Segundo o delegado Humberto Teófilo, Ramon chegou a avisar que cometeria o crime durante uma ligação com parentes. Enquanto o suspeito falava com a avô das meninas, conforme o investigado, a mulher chegou a ouvir as vítimas pedindo para não serem mortas.

“Foi possível ouví-las gritanto, pedindo ‘não faz isso’. Um delas até pediu para fazer xixi e ele não deixou”, completou.

O crime aconteceu na segunda-feira (22), na GO-462, em Santo Antônio de Goiás. Segundo o delegado, o homem disse na ligação que iria matar as filhas para vingar uma traição da esposa.

Tentou tirar a própria vida

Ramon está com um corte no pescoço que, contou, foi feito por ele mesmo, durante a madrugada, na tentativa de tirar a própria vida, depois de ter esfaqueado e queimado os corpos de suas duas filhas, que tinham quatro e oito anos.

Procure ajuda

Caso você tenha pensamentos suicidas, procure ajuda especializada como o CVV (www.cvv.org.br) e os Caps (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade. O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.