Homem morto com golpe de porrete e facadas na própria cama teria tentado estuprar esposa momentos antes

Caso foi registrado em Wanderlândia, no norte do Tocantins e mulher é suspeita do crime.

Compartilhe:

Um homem de 46 anos foi morto com golpes de porrete e facadas na noite desta terça-feira (24), em Wanderlândia, no norte do estado. A suspeita do crime é a esposa da vítima, de 40 anos, que está sendo procurada.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo o relatório da Polícia Militar, Lindomar Santos de Mesquita foi assassinado depois de alegadamente tentar manter relações sexuais não consensuais com sua companheira.

O assassinato ocorreu na presença do filho do casal.

O filho, de idade não informada, relatou à PM que seu pai era um usuário de drogas que frequentemente ameaçava e agredia a mulher. Pouco antes do homicídio, Lindomar teria tentado iniciar relações íntimas, mas ela recusou, desencadeando uma briga entre os dois.

Foto: Divulgação/PM-TO

Segundo o relatório, durante a briga, a mulher pegou uma faca e desferiu vários golpes no pescoço do homem. Em seguida, utilizou uma barra de ferro para golpeá-lo na cabeça.

Uma enfermeira foi chamada, mas apenas pôde confirmar o óbito. A perícia foi conduzida, e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Segundo informações da PM, o homem já havia cumprido pena de prisão anteriormente.

A polícia realizou buscas pela mulher, mas, até o momento, não haviam conseguido localizá-la.