Homem é indiciado por descarte irregular de embalagens de agrotóxicos em Porto Nacional

Os policiais localizaram aproximadamente 160 kg de embalagens vazias na casa do suspeito, localizada o Jardim dos Ipês.

Compartilhe:

Policiais da Delegacia Especializada no Combate aos Crimes Rurais e Abigeato (Deleagro) indiciou um homem de 44 anos pelo crime de acondicionamento e descarte inadequado de vasilhames de defensivos agrícolas, em Porto Nacional. A ação ocorreu nesta sexta-feira (30).

O crime em questão está previsto no Artigo 15 da Lei 7.802/1988, que estabelece uma pena de 2 a 4 anos de reclusão para esse tipo de infração.

A operação contou com o apoio de agentes da 7ª Delegacia Especializada de Repressão a Crimes (Deic) da cidade e teve como alvo uma residência localizada no bairro Jardim dos Ipes, em Porto Nacional. Segundo a polícia, o local estava sendo clandestinamente utilizado para o descarte irregular de vasilhames vazios de defensivos agrícolas diversos.

Durante a ação, os policiais constataram aproximadamente 160 kg de embalagens vazias que haviam sido jogadas no solo, violando a legislação em vigor.

Foto: Divulgação/SSPTO

Ainda de acordo com a polícia, o responsável pela residência alegou trabalhar com reciclagem, porém, um laudo pericial confirmou a presença de recipientes plásticos de diferentes herbicidas dispostos diretamente no solo.

O delegado Gustavo Henrique, enfatizou a importância do uso responsável de defensivos agrícolas na cadeia produtiva do agronegócio e destacou a necessidade de um manejo adequado desses produtos. Ele ressaltou que o uso inadequado pode causar danos tanto à saúde humana quanto ao meio ambiente, e que, portanto, tanto o manejo quanto o descarte devem estar em conformidade com a legislação vigente.

A polícia destacou ainda que investigação continua e, na próxima fase, será realizada a identificação da origem desses materiais, investigando se foram adquiridos legalmente ou de forma ilícita.