Garoto de 14 anos morre após ficar preso em escada de piscina em condomínio de luxo em SP

Mãe do adolescente acionou o SAMU, que levou garoto ao Hospital Villa Lobos. Ele morreu após ficar internado durante cinco. Caso foi registrado como morte suspeita.

Compartilhe:

Um garoto de 14 anos morreu após ficar preso na escada de uma piscina em um condomínio de alto padrão no Parque da Mooca, Zona Leste de São Paulo. O incidente ocorreu na última sexta-feira (29).

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Conforme informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), o pai do adolescente relatou que o filho estava na piscina acompanhado pela mãe quando tentou atravessar os degraus da escada. Infelizmente, ele se afogou ao ficar aprisionado na estrutura da escada.

A mãe do garoto solicitou assistência ao SAMU, que o conduziu ao Hospital Villa Lobos. Ele permaneceu hospitalizado por cinco dias, vindo a falecer na tarde desta quarta-feira (3).

Garoto de 14 anos morre após ficar preso em escada de piscina em condomínio de luxo em SP
Foto: Google Street
Investigação

O caso foi registrado como “morte suspeita” pelo 57º Distrito Policial (Parque da Mooca). Essa natureza criminal é usada pela Polícia Civil quando o delegado não tem certeza se alguém pode ser criminalmente responsabilizado pelo episódio.

Segundo os pais do adolescente, o afogamento foi registrado por câmeras de segurança do condomínio.

O incidente aconteceu no Grand Boulevard Parque da Mooca, onde a família mora. O condomínio tem apartamentos anunciados por R$ 3,4 milhões.

Os investigadores solicitaram exame necroscópico para a vítima.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.