Duas vítimas do trágico tombamento de ônibus na BR-153 seguem internadas

Acidente aconteceu próximo de Miranorte, na região central do Tocantins, e deixou três mortos e 19 feridos. Ainda não se sabe as causas do tombamento.

Compartilhe:

Duas vítimas do acidente de ônibus na BR-153, próximo a Miranorte, região central do Tocantins, continuam internadas em hospitais da rede pública. O acidente ocorreu no fim de semana e resultou em três mortes e 19 feridos.

Um dos pacientes está sendo atendido no Hospital Geral de Palmas (HGP) e o outro no Hospital Regional de Miracema (HRM). Não foram divulgadas informações sobre o estado de saúde deles.

O acidente aconteceu no final da noite de sábado (24). O ônibus, que partiu de Tucuruí (PA) com destino a Goiânia (GO), transportava cerca de 30 pessoas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o veículo saiu da pista e tombou. A causa do acidente ainda é desconhecida.

As vítimas fatais do acidente são:

  • Maria do Rosário Nascimento, 71 anos – faleceu no local do acidente
  • Marina da Costa Ferreira, 60 anos – faleceu no local do acidente
  • José Fladson Moura, 46 anos – faleceu no Hospital Regional de Miracema

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal e liberados ao longo da semana.

Ônibus tomba na BR-153 perto de Miranorte e deixa três mortos e 19 feridos
Foto: Divulgação/PRF
O acidente

Imagens gravadas por testemunhas logo após o acidente mostram a situação logo após o acidente. Em um dos vídeos é possível ver o ônibus por dentro, pouco depois do tombamento. Algumas pessoas entraram no veículo tombado e se surpreenderam com a cena.

Pelo menos uma das vítimas ficou embaixo do ônibus e foi preciso usar uma retroescavadeira para fazer o resgate do corpo.

O lado do ônibus que fica na fileira atrás do banco do motorista foi mais danificado. Todas as janelas ficaram destruídas e a lataria amassada. Os passageiros que estavam nesta parte foram os mais atingido.

Um dos passageiros era Filipe dos Santos, que chegou a ter o braço amputado. O namorado dele, Mateus Pires de Souza, também estava no veículo e contou que desistiram de fazer a viagem de carro próprio por medo de acidentes.