Denúncia leva a polícia a dois pontos de venda de drogas em Palmas, três pessoas foram presas

Compartilhe

Ao apurar uma denúncia de uma “boca de fumo” na região sul de Palmas, encontra drogas em duas residências e prende duas mulheres, um homem e dois adolescentes. Uma das mulheres, conhecida como “Eletra” é apontada responsável pelo comando da boca.

Uma denúncia anônima levou os policiais militares a uma casa no setor Jardim Taguari, em Palmas. A residência onde supostamente funcionava um ponto de comércio de drogas fica em um área de invasão no setor. No local foram encontradas porções de maconha. Com auxílio de cão farejador, cerca de 700g do entorpecente escondidas no telha.

No local foi detido um homem identificado como Mário Cesar. ele informou que a droga encontrada com ele havia sido comprado de uma mulher, que morava perto dele.

Na outra residência uma mulher e uma adolescente foram abordadas. Elas tentaram fugir ao perceber a aproximação da polícia, mas foram detidas.

Uma da mulheres, identificada como Mariana Cristina, conhecida como “Eletra”, tentou argumentar com os policiais que apenas morava na casa da prima. No entanto, na abordagem foram encontradas grande quantidade de drogas em seu poder. A mulher usa tornozeleira eletrônica.

| Grande quantidade de drogas foram apreendidas pela PM

Na casa ainda havia um adolescente menor de idade e outra moça, identificada como Marciana do Nascimento. Segundo a PM, eles eram responsáveis pela droga e era Mariana que comandava o comércio de drogas no local.

Dentro da casa foram encontrados vários tipos de drogas, em um total aproximado de 1,1 kg de cocaína, maconha e crack.

Os dois adolescentes foram levados para  CAPC-Sul, em Palmas. As duas mulheres foram encaminhadas para o presídio feminino e o homem para a Casa de Prisão Provisória de Palmas.

Fotos Divulgação

 

| Recomendado