Avó amarra criança de 8 anos em pilar de casa e confessa: “muito desobediente”

Idosa contou à PM que cuida de sete netos sozinha porque a filha tem transtorno mental. Caso de maus tratos foi registrado em Bandeirantes do Tocantins.

Compartilhe

Uma ocorrência de mais tratos a criança foi registrada no povoado Martinópolis, em Bandeirantes do Tocantins. Uma criança de 8 anos foi amarrada no pilar de sustentação de uma casa. A cena foi vista por vizinhos viram que denunciaram o caso ao Conselho Tutelar.

A Polícia Militar esteve no local e a avó confessou que imobilizou o menino porque ele é “muito desobediente”. Segundo a Corporação, os policiais foram à casa da família nesta sexta-feira (26) após a presidente do Conselho Tutelar da cidade afirmar que recebeu uma denúncia de maus tratos.

Segundo o órgão, no dia anterior, quinta-feira (25), o menino tinha sido amarrado. Quando os policiais chegaram ao endereço encontraram a criança brincando no quintal.

Questionada, a avó disse amarrou o neto para corrigi-lo, mas logo teria soltado. Segundo ela, o garoto não estava sendo obediente. A idosa disse ainda que que cuida de todos os netos sozinha porque a mãe da criança tem outros seis filhos, todos menores de idade, e sofre de transtorno mental.

A PM apurou que mulher estava em Colinas do Tocantins.

Durante o registro da ocorrência, a avó foi informada que o caso se tratava de crime de maus tratos. As conselheiras tutelares fizeram um relatório e encaminharam o caso ao Ministério Público Estadual de Arapoema. O caso deve ser investigado.