Criança de 3 anos morre afogada em rio e avó que tentou salvá-la desaparece

Caso aconteceu fica em Paranã, no sul do Tocantins. Corpo de Bombeiros informou que vítimas foram arrastadas pela correnteza enquanto tomavam banho.
Compartilhe

 

Uma menina de 3 anos morreu afogada em um rio na zona rural do Paranã, no sul do estado. Ela e a avó, que tentou salvá-la, foram arrastadas pela correnteza enquanto tomavam banho. Segundo o Corpo de Bombeiros, a criança Maria Eduarda Araújo Silva foi encontrada horas depois. Já a avó Maria da Conceição Antônio de Araújo, de 60 anos, está desaparecida e é procurada.

O caso aconteceu no rio Palma por volta de 12h desta quarta-feira (15). Conforme a Polícia Militar, testemunhas contaram que a criança começou a ser arrastada pela força da água e a avó nadou na direção dela para tentar salvá-la, mas também sumiu. Uma terceira pessoa que acompanhava as vítimas também teria entrado no rio, mas logo voltou à superfície.

Inicialmente as buscas foram feitas pelos próprios moradores que encontraram a criança, já sem vida, por volta das 17h. O corpo estava pouco abaixo do local do afogamento.

Após serem acionados, os bombeiros de Gurupi, já no final da tarde de quarta, começaram a procurar a idosa no início da manhã desta quinta-feira (16). Buscas nas margens do rio e mergulhos são realizados pelos militares.

O Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi foi chamado ao local para recolher o corpo da menina.

| Recomendado