Covid-19: Tocantins registra três novas mortes e 373 novos casos da doença

. Com a atualização, o estado passou a somar 82.651 diagnósticos e o número de óbitos chegou a 1.173.

Compartilhe

O boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira(2), pela Secretaria de Estado da Saúde, trouxe que o Tocantins contabilizou 373 novos casos de covid-19 e três novas mortes devido a complicações da doença. Com a atualização, o estado passou a somar 82.651 diagnósticos e o número de óbitos chegou a 1.173.

A secretaria informou que 95 casos foram registrados nas últimas 24 horas. O restante são exames coletados em dias anteriores e que tiveram os resultados liberados nesta quarta-feira (2).

Os pacientes que não resistiram aos sintomas da Covid tinham entre 50 e 83 anos. São eles:

  • Mulher de 50 anos, moradora de São Miguel do Tocantins. Comorbidades: diabetes. Óbito dia 20/08/20 no Hospital de Campanha de Imperatriz/MA.
  • Homem de 69 anos, morador de Araguaína. Comorbidades: insuficiência cardíaca. Óbito dia 29/08/20 no Hospital Regional de Araguaína.
  • Homem de 83 anos, morador em Palmas. Comorbidades: hipertensão, doença cardíaca crônica. Óbito dia 01/12/20 no Hospital Estadual de Combate a Covid-19.
Novos casos

Novos diagnósticos de Covid-19 foram registrados em 51 cidades do estado. Colinas do Tocantins, no norte do estado, voltou a ser a cidade com mais confirmações, foram 90 nesta quinta-feira (3).

Palmas registrou 87 diagnósticos novos. A cidade continua liderando o ranking de infectados no Tocantins, com 19.312 caso e 192 óbitos.

Já Araguaína teve 34 novos casos, mas continua sendo o segundo município mais afetado no estado com 16.696 diagnósticos e 235 mortes.

Todos os 139 municípios do Tocantins têm casos confirmados da doença. A lista completa pode ser encontrada no site sobre o coronavírus da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo a Secretaria da Saúde, do total de casos, 74.525 estão recuperados e 6.953 ainda estão ativos, com acompanhamento e isolamento. Atualmente, o Tocantins tem 40 pacientes internados em UTIs públicas e outros 16 em leitos de terapia intensiva particulares.

Taxa de ocupação dos hospitais

Até às 11h30 desta quinta-feira (2) o Hospital Regional de Augustinópolis apresentava a maior ocupação de leitos de UTIs públicos. Veja abaixo a relação das maiores unidades públicas do estado.

  • Hospital Regional de Augustinópolis – 70% de ocupação
  • Hospital Estadual de Combate à Covid-19 – 50% de ocupação
  • Hospital Municipal de Campanha de Araguaína – 33% de ocupação
  • Hospital Regional de Gurupi – 30% de ocupação
  • Hospital Regional de Araguaína – 18% de ocupação
  • Hospital Geral de Palmas UTI Covid – 15% de ocupação
  • Os dados de estatística hospitalar podem ser conferidos no portal Integra Saúde.