Covid-19: Tocantins registra 896 novos casos e total de infectados passam de 115,3 mil

Estado também contabilizou mais sete mortes e o número de óbitos chega a 1.539.

Compartilhe

O boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (2), pela Secretaria de Estado da Saúde, confirmou que o Tocantins contabilizou 896 novos casos de Covid-19. Este é o maior número de confirmações registrados neste ano de 2021. Os dados também apontam que o o estado registrou mais sete mortes devido complicações da doença. Com a atualização, o Tocantins passou a somar 115.341 casos positivos e 1.539 óbitos.

De acordo com a secretaria, do total de novos casos, 321 foram registrados nas últimas 24 horas. O restante são exames coletados em dias anteriores, mas que só tiveram os resultados liberados nesta segunda-feira (1º).

Os pacientes que morreram tinham entre 47 e 86 anos. Eles são:

  • Homem, de 84 anos, morador de Araguatins. Comorbidades: não relatado. Morte no dia 07 de fevereiro, no Hospital Unimed de Imperatriz.
  • Homem, de 70 anos, morador de Caseara. Comorbidades: hepatopatia crônica. Morte no dia 24 de fevereiro, no Hospital Geral de Palmas.
  • Homem, de 64 anos, morador de Rio dos Bois. Comorbidades: hipertensão e diabetes. Morte no dia 25 de fevereiro, no Hospital Regional de Miracema.
  • Mulher, de 88 anos, moradora de Araguaína. Comorbidades: hipertensão. Óbito no dia 26 de fevereiro, no Hospital Regional de Araguaína.
  • Mulher, de 47 anos, moradora de Araguaína. Comorbidades: doença pulmonar obstrutiva crônica e hipertensão. Morte no dia 26 de fevereiro, no Hospital Regional de Araguaína.
  • Homem, de 86 anos, morador de Araguaína. Comorbidades: hipertensão. Morte no dia 28 de fevereiro, no Hospital Dom Orione.
  • Mulher, de 76 anos, moradora de Palmas. Comorbidades: hipertensão e diabetes. Morte no dia 26 de fevereiro, no Hospital Geral de Palmas.

Novos diagnósticos

Palmas teve mais 259 diagnósticos de Covid-19 e continua sendo a cidade com maior número de confirmações do Tocantins. Agora são 28.845 casos e 267 mortes.

Em Araguaína, no norte do estado, foram mais 148 casos. A cidade é a segunda cidade mais afetada pela pandemia no estado, com 21.366 diagnósticos e 275 mortes.

Todos os 139 municípios do Tocantins têm casos confirmados da doença. A lista completa pode ser conferida no site sobre coronavírus da Secretaria da Saúde.

Segundo a pasta, do total de casos, 102.320 estão recuperados e 11.482 ainda estão ativos, com acompanhamento e isolamento. Atualmente, o Tocantins tem 374 pacientes hospitalizados. Do total, 105 estão internados em UTIs públicas e 62 em leitos de terapia intensiva particulares. Os demais recebem tratamento em leitos clínicos.

Vacinação

O Tocantins já recebeu 112.400 doses de vacinas contra o coronavírus, 100.608 foram distribuídas aos municípios e 55.411 foram aplicados no estado.

Segundo a gerência de imunização, o número é referente a 45.084 aplicações de primeira dose e 10.327 da segunda.

Taxa de ocupação dos hospitais

Até 11h05 desta terça-feira (2), quatro hospitais públicos do estado apresentavam a situação mais crítica, com 100% de ocupação de leitos de UTIs públicos. Veja a relação nas maiores unidades públicas do estado:

  • Hospital Estadual de Combate à Covid-19 – 100% de ocupação
  • Hospital Geral de Palmas UTI Covid – 79% de ocupação
  • Hospital Regional de Gurupi – 100% de ocupação
  • Hospital Municipal de Campanha de Araguaína – 100% de ocupação
  • Hospital Regional de Araguaína – 100% de ocupação
  • Hospital Regional de Augustinópolis – 90% de ocupação

Os dados de estatística hospitalar de todas as unidades podem ser conferidos no portal Integra Saúde.

Cidades mais afetadas pela pandemia
  1. Palmas – 28.845 casos e 267 mortes
  2. Araguaína – 21.366 casos e 275 mortes
  3. Gurupi – 6.411 casos e 88 mortes
  4. Colinas do Tocantins – 5.189 casos e 50 mortes
  5. Porto Nacional – 4.505 casos e 73 mortes
  6. Paraíso do Tocantins – 4.011 casos e 57 mortes
  7. Guaraí – 2.035 casos e 36 mortes
  8. Tocantinópolis – 1.608 casos e 27 mortes
  9. Formoso do Araguaia – 1.446 casos e 23 mortes
  10. Xambioá – 1.361 e 18 mortes