Covid-19: Tocantins registra 649 novos casos e sete novas mortes em 24 horas

Segundo o balanço desta quarta-feira (5), o estado chega a 28.312 diagnósticos e 415 óbitos em decorrência da doença.

Compartilhe

O boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (5), pela da Secretaria de Estado da Saúde confirmou que o Tocantins registrou 646 novos casos de coronavírus e mais sete mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. Agora, o estado passa a somar 28.312 diagnósticos e 415 óbitos.

Os pacientes que não resistiram aos sintomas da doença tinham entre 35 e 93 anos. Eles são:

  • Homem de 70 anos, morador de Araguaína, morreu no dia 1º de agosto na Unidade de Pronto Atendimento de Araguaína.
  • Homem de 48 anos, morador de Paraíso do Tocantins. Ele tinha insuficiência renal e morreu no dia 3 de agosto no Hospital Regional de Paraíso do Tocantins.
  • Homem de 93 anos, morador de Darcinópolis, hipertenso e diabético. Ele morreu no dia 31 de julho no Hospital Regional de Augustinópolis.
  • Homem de 43 anos, morador de Gurupi, morreu no dia 29 de julho no Hospital Regional da cidade.
  • Mulher de 35 anos, moradora de Araguaína, com hidrocefalia. Morreu no dia 2 de agosto no Hospital Regional de Araguaína.
  • Homem de 88 anos, morador de Barra do Ouro, hipertenso e diabético, morreu no dia 1º de agosto no Hospital Regional de Araguaína.
  • Homem de 86 anos, morador de Araguaína, com insuficiência cardíaca. Ele morreu no dia 17 de julho no Hospital Regional de Araguaína.

Novos casos

Dos novos diagnósticos, 138 fora em Palmas. A capital segue como a segunda cidade mais afetada pela pandemia no Tocantins com o total de 6.051 confirmações e 49 mortes. E Araguaína, foram 83 novos casos. A cidade é a mais afetada pela doença no estado, com 7.716 casos, além de 102 mortes.

Também foram registrados novos casos da doença em Colinas do Tocantins (55), Porto Nacional (38), Tocantinia (25), Gurupi (21), São Sebastião do Tocantins (21), Paraiso do Tocantins (18), Miracema do Tocantins (17), Formoso do Araguaia (15), São Miguel do Tocantins (14), Buriti do Tocantins (12), Guaraí (10), Augustinópolis (7), Esperantina (7), Natividade (7), Pium (7), Araguatins (6), Darcinópolis (6), Pedro Afonso (6), Peixe (6), Tocantinópolis (6), Ananás (5), Babaçulândia (5), Dianópolis (5), Goiatins (5), Nova Rosalândia (5), Pau D’arco (5), Xambioa (5), Araguaçú (4), Cachoeirinha (4), Colmeia (4), Itacaja (4), Miranorte (4), Ponte Alta do Tocantins (4), Aguiarnópolis (3), Almas (3), Carmolândia (3), Caseara (3), Taguatinga (3), Alianca do Tocantins (2), Alvorada (2), Angico (2), Bandeirantes do Tocantins (2), Cariri do Tocantins (2), Crixás do Tocantins (2), Dueré (2), Itapiratins (2), Monte do Carmo (2), Palmeirante (2), Palmeiras do Tocantins (2), Paranã (2), São Felix do Tocantins (2), Araguanã (1), Arraias (1), Barra do Ouro (1), Bernardo Sayao (1), Chapada da Natividade (1), Couto Magalhaes (1), Tabocão (1), Muricilândia (1), Nova Olinda (1), Novo Jardim (1), Oliveira de Fátima (1), Pequizeiro (1), Pindorama do Tocantins (1), Praia Norte (1), Rio da Conceição (1), Rio Dos Bois (1), Santa Fé do Araguaia (1), Santa Rita do Tocantins (1), São Bento do Tocantins (1), Silvanópolis (1) e Talismã (1).

Todos os 139 municípios do estado têm casos confirmados da doença. Segundo a Secretaria de Saúde, do total de casos, 17.347 pacientes estão recuperados e 10.550 ainda estão em acompanhamento e isolamento. O estado tem 60 pessoas internadas em UTIs públicas e outras 42 em leitos de terapia intensiva privadas.

A taxa de ocupação na rede hospitalar pública do Tocantins, até às 14h desta quarta-feira (5), está em 68% dos leitos de UTI e 43% dos leitos clínicos. Os dados são referentes apenas aos leitos dedicados exclusivamente a Covid-19 e geridos pela Secretaria de Estado da Saúde.

Cidades mais afetadas pela Covid-19