Candidato é preso após ser flagrado com com ‘câmera menor que botão’ e ponto eletrônico em prova do Detran

Caso foi no Detran de Natal (RN). Segundo o órgão, o homem usava a câmera na roupa pra filmar a prova e o ponto para ouvir as orientações.

Compartilhe:

Durante a prova teórica do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN), um homem de 29 anos foi preso após ser flagrado utilizando uma microcâmera e um ponto eletrônico. A ocorrência foi registrada na Central do Cidadão da Zona Sul, em Natal, na última segunda-feira (22).

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A Coordenadoria de Habilitação do órgão informou que já estava monitorando candidatos que reprovavam no teste teórico e, posteriormente, eram aprovados, alguns com pontuações de até 100%. O Detran identificou um candidato com esse perfil e acionou a Polícia Civil e Militar para realizar o flagrante. O homem, que havia agendado a prova, foi submetido a um detector de metais, resultando na descoberta dos dispositivos.

O candidato estava portando uma microcâmera, menor que um botão, fixada à camisa; um ponto eletrônico, menor que um caroço de feijão; e um modem de internet preso ao tórax por meio de uma cinta bege.

Ele utilizava o ponto eletrônico para receber orientações, a microcâmera para filmar a prova e o modem para conexão à internet. O Detran informou que o candidato foi encaminhado à Central de Flagrantes, preso, passou por audiência de custódia e deverá responder judicialmente pelo crime.

O Detran-RN ressalta a importância do estudo e aprovação legítima, enfatizando que casos como esse devem servir de exemplo para desencorajar práticas fraudulentas.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.