Câmeras de segurança flagram momento em que 13 sacadas de prédio desabam em Belém

Desabamento no Edifício Cristo Rei, na Rua dos Mundurucus, assustou vizinhança. Não houve feridos, diz governo.

Compartilhe:

Treze sacadas de um prédio residencial desabaram neste sábado (13) no bairro da Cremação, em Belém. Tudo começou com um estrondo que assustou moradores, no momento em que a sacada da cobertura caiu. Em seguida, caíram todas as outras doze sacadas no lado direito do prédio. Não houve feridos, segundo o governo.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Vídeos do circuito interno de câmeras da garagem do edifício mostram o momento exato da queda.

Assista o vídeo:

Vídeos mostram os estragos – veja abaixo – deixados pelo “efeito dominó” da queda, que começou com o varanda da cobertura, de acordo com a Defesa Civil.

O trecho entre entre a avenida Generalíssimo Deodoro e a travessa Quintino segue parcialmente isolado e interditado. Neste domingo (14), duas das três faixas da Mundurucus foram liberadas para o trânsito de veículos.

Segundo moradores, havia uma obra na cobertura para instalação de sistema de vidraças. Uma investigação ainda deve apontar as causas da queda.

A Defesa Civil municipal disse que não havia obra no lado esquerdo após falar com o morador que tem um apartamento na cobertura. Já no lado direito do prédio, também na cobertura, havia uma obra.

O coordenador do Núcleo de Engenharia Aplicada do Pará, Orley Cruz, afirmou que nesse momento não se pode ainda atribuir o desabamento a nenhuma obra, e sim a um aspecto de manutenção.

O desabamento foi no Edificío Cristo Rei, que fica localizado na Rua dos Mundurucus, entre a av. Generalíssimo Deodoro e a tv. Quintino Bocaiúva. A edificação foi construída em 1990.

A rua teve a energia elétrica afetada. A concessionária Equatorial Pará disse que fez a suspensão de maneira preventiva e que uma equipe foi deslocada para realizar manobras a fim de restabelecer o fornecimento de duas unidades consumidoras afetadas.

Após a queda, o prédio começou a ser evacuado no início da tarde. Mas a reportagem identificou que ainda havia moradores dentro do edifício, momentos depois do desabamento.