Três pessoas são presas em flagrante durante operação contra o tráfico de drogas em Palmas

Na ação, que faz parte da segunda fase da Operação Broken Windows, também foram apreendidas duas armas, munições e porções de drogas.

Compartilhe:

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Na manhã desta sexta-feira (7), três pessoas foram presos em flagrante por tráfico de drogas em bairros da região sul de Palmas. As prisões aconteceram durante a segunda fase da Operação Broken Windows, que teve início no mês de junho. Além das prisões, a Polícia Civil apreendeu uma carabina modificada para se assemelhar a um fuzil, uma arma de fogo, munições e porções de entorpecentes.

As apreensões são resultado de cinco mandados de busca executados em residências dos setores Bela Vista e Santa Bárbara. Uma mulher e dois homens detidos foram conduzidos à Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc) e encaminhados para unidades prisionais.

Foto: Divulgação/SSPTO

A Operação

A primeira fase da Operação Broken Windows, cujo nome faz referência a uma teoria americana sobre janelas quebradas, resultou na prisão de nove pessoas no dia 13 de junho. O nome da operação sugere que a presença de uma janela quebrada em um prédio, se não reparada, incentiva outras pessoas a quebrarem mais janelas.

A alusão é feita em relação ao tráfico de drogas em Palmas e à crença da Polícia Civil de que isso seja a causa do aumento nos casos de homicídio na capital, devido aos conflitos entre facções criminosas.

O delegado responsável pela Operação, Thyago Bustorff, informou que haverá desdobramentos adicionais na ação.

“A arma apreendida hoje pertencia a um membro de uma facção criminosa e possui características semelhantes a uma arma de fogo apreendida na semana passada, que pertencia a outra facção. Acreditamos que a arma confiscada hoje possa ser uma das armas exibidas em vídeos e que possa ter sido utilizada em alguns desses homicídios”, acrescentou o delegado.