Trabalho escravo | Cinco fazendas do Tocantins estão na lista suja

Compartilhe

O Tocantins tem cinco propriedades rurais no cadastro de empregadores que submeteram trabalhadores a condições análogas à de escravo, a chamada ‘Lista Suja’. As informações foram atualizadas nesta quarta-feira (3), pela secretaria de trabalho do Ministério da Economia.

As fazendas que estão na lista suja ficam em Sandolândia, Aliança do Tocantins, Aragominas, Sandolândia e Araguatins.

As propriedades só entram nessa lista depois que não há mais possibilidade de recursos no Ministério do Trabalho. Ao todo, 26 trabalhadores foram resgatados nestas propriedades rurais.

Em todo o país são 187 empregadores na lista. Ao todo, 2375 foram resgatadas do trabalho semelhante a escravidão.

Neste ano, a lista teve aumento em relação ao número de propriedades que estavam no cadastro no ano passado. Em 2018 eram quatro fazendas na lista suja, neste ano são cinco.