Suspeitos de assaltar casa do prefeito de Brasilândia são presos pela Polícia Civil

Na ação, os policiais também apreenderam armas, objetos roubados e carro usado no crime. Seis suspeitos foram detidos, mas um deles foi liberado por não estar em situação de flagrante.

Compartilhe

Uma ação da Polícia Civil resultou na prisão de cinco suspeitos de envolvimento com roubos na região norte do estado. Durante a operação ainda foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão. Entre os investigados estão suspeitos de assaltar a casa do prefeito de Brasilândia do Tocantins, Ricardo Ferreira Dias (PSC), no último dia 10 de julho.

As ordens judiciais de prisão foram cumpridas nesta terça-feira (27) pela 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Colinas do Tocantins.

Segundo a polícia, os suspeitos também são investigados por assaltos em propriedades rurais da região. Durante as buscas foram apreendidas quatro armas de fogo, munições, dinheiro, diversos objetos que seriam roubados, além de um veículo utilizado no crime de roubo da casa do prefeito.

Ainda segundo a polícia, um sexto suspeito chegou ser detido e levados para a delegacia, mas como ele não estava em situação de flagrante e acabou sendo liberado para responder em liberdade.

A operação contou com o apoio das equipes da 41ª e 42ª Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Colinas, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV) e da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM) de Colinas.